O CICLO DOS CICLOS E A PERMANÊNCIA DO MESMO
A PROPÓSITO DA POESIA
“EU TANTO BRINQUEI DE DIZER QUE TE AMAVA”