ODISSÉIA

Tens um espírito tal como o de Odisseu.

Queres ouvir o canto das entidades marinhas,

saber o que fez com que outras se lançassem

ao mar de si mesmas, aos seus infinitos, seus

conflitos e turbulências; o que as atraiu e tragou

até se afogarem no seu próprio pathos e manía.

Queres prová-lo; sabes que o mereces por inteiro,

se alguém já o merecera em parte. E que podes

sobreviver; prevalecer sobre o abisso azul,

cavalgar a crina das vagas, ao lado de Posidão.

E nada se move como Odisséia,

a não ser o mar, o amor e a música.

Tens um espírito como o de Odisseu, teu irmão.

Odisséia é o nome da narrativa epopéica dos seus

feitos de herói varão, mas também pudera ser o teu:

sua versão feminina. E não menos febril de sem-fins.

Andar sob a sombra de gigantes, vazar o olho

do ciclope que o imo peito e o horizonte escondem.

Ouvir os poetas cantarem a história dos teus passos.

Que ninguém se move como tu, dirão, a não ser o mar

mesmo, o amor e a música. De todas as musas, a que se supõe

mais selvagem, e no entanto, no fundo de si, é doce.

Para não ires à guerra, à festa da morte com gala e galardoados,

até te fizeras de louca: foste arar uma praia, como Odisseu.

Mas se o mar te convida e reclama, tens de ir, sabes que tens

de ir; não te podes deter a ti mesma, não te podes furtar

ao destino de ter os ventos e o sol nos cabelos, no olhar

e na pele: essa pele que sangra sal e mel ao menor toque,

que sente as mãos da palavra, pressente o movimento do mundo.

E nada se move como Odisséia,

a não ser o mar, o amor e a música.

O mar que espelha o anil, se embebe da treva e se inebria da

chama, se faz labareda, leões de gelo a girarem jubas de âmbar.

O amor que é mar e toda a sua saga revirando nas almas,

no sangue e nos corpos as mesmas jubas e ouros, e já

se apaziguando, azulescendo, adormecendo qual Criança

titânica de peito manso e arfar imenso. A música. A música

que, enfim, te decifra e se traduz no mar, no amor e em ti.

Igor Buys

Ilha Grande, 25 de maio de 2020

Postais em destaque
Postais recentes