AS IMAGENS DAS MULHERES SÃO LIBERTÁRIAS!

As imagens das mulheres, compartilhadas, mesmo na propaganda comercial, não importam em as tornar parte da mercadoria, ou em “vulgarizá-las”, como pretendem os fascistas e liberais, insistentemente, mas, muito ao contrário: importa em dessacralizar a sua castidade, a sua castração e a exclusão do elemento feminino da linguagem. Por muito, muito tempo, antes das alvas da pós-modernidade plena que se avistam hodiernamente, não se pudera olhar para uma mulher como mulher, senão como santa, anti-orgâsmica: fria guardiã do lar entronizada; não se pudera pôr em destaque a sua beleza, a sua leveza e espontaneidade, associadas, por quase dois milênios e meio, ao mal, à bruxaria: ao rompimento com o sistema patriarcal para ensejar o retorno do princípio dionisíaco à cultura.

Igor Buys

25 de maio de 2013

Adriana Lima; foto da Rede

Postais em destaque
Postais recentes