E cada Palavra é filha da nossa carne casada...

E cada Palavra é filha da nossa carne casada, rebento morno, sonoro, que, enfim, te entrego, — eu maieuta e amante, envolta aqui, em branco.

Postais em destaque
Postais recentes