SE DEUS FORA MULHER

Versão de “Si Dios Fuera Una Mujer”,

de Mario Benedetti

 

 

Se Deus fora mulher

É possível que, agnósticos ou ateus,

Não disséssemos não com a cabeça,

Mas disséssemos sim com o baixo ventre.

Talvez nos acercássemos de sua divina nudez

Para beijar seus pés, não de bronze,

Sua púbis, não de pedra,

Seus seios, não de mármore,

Seus lábios, não de gesso.

Se Deus fora mulher a abraçaríamos

Para arrancá-la das distâncias

E não haveríamos de jurar

Até que a morte nos separe

Já que seria imortal por antonomásia

E ao invés de transmitir pânico ou AIDS,

Contagiar-nos-ia com sua imortalidade.

Se Deus fora mulher não se instalaria

Distante no reino dos céus,

Mas nos aguardaria no saguão do inferno

Com seus braços, não cerrados,

Uma rosa, não de plástico,

Um amor, não de anjos.

Ai, Deus meu, Deus meu!

Se para sempre, e desde sempre,

Foras uma mulher,

Que lindo escândalo seria!

Que bem-aventurada, esplêndida, impossível,

Prodigiosa blasfêmia!...

​​

 

Igor Buys

Rio, 24 de abril de 2014 

 

 

 

 

 

Please reload

Postais em destaque

GUARDA-ME

05.02.2020

1/16
Please reload

Postais recentes

25/02/2020

24/02/2020

24/02/2020

23/02/2020

Please reload