HOJE, ESTÁ BASTANTE CLARO PARA O MUNDO INTEIRO POR QUE PUTIN SANCIONOU LEI QUE PROÍBE O "EVANGELISMO" NA RÚSSIA

Qualquer um com o mínimo de bom senso e inteligência funcional já percebeu, a esta altura, por que não se pode simplesmente abrir a boca para maldizer Putin. Guardião praticamente solitário do ideal de multipolarização, o mais importante e competente líder mundial do século XXI tem uma visão muito mais ampla de causas e efeitos no jogo geopolítico do que qualquer outro governante do seu tempo. Sequer a imprensa especializada e a crítica política mais abalizada e científica o acompanham.

 

Estritamente pragmático e integralmente imbuído do dever que tem a cumprir, do papel histórico que lhe coube, o presidente da Federação Russa não tem, obviamente, o perfil de alguém que iria perseguir setores da sociedade, agir em nome de crenças e descrenças, simpatias, antipatias, ideologias, fanatismos.

 

Tudo que emana de Putin se articula inequivocamente com a sua luta incessante e inabalável para conter o golpismo, o imperialismo, a polarização política em torno de Washington. E ele sabe, sem dúvida, como fazer o seu trabalho. Cedo ou tarde, ficam claros os porquês de cada ato seu, ao ponto de que as críticas levianas feitas contra si levem a vexame e profundo ridículo todos os seus detratores inconseqüentes. 

 

Pode um homem estar acima de qualquer crítica? Não, com certeza, essa não seria uma proposta sadia. Porém, sem partir do pressuposto consignado no começo parágrafo acima, não se pode nem mesmo chamar de críticas propriamente ditas quaisquer avaliações superficialistas-sensacionalistas da linha política de Moscou.

 

 

Texto:

- Vladimir Putin aprova lei que proíbe o evangelismo na Rússia; igrejas intensificam jejum

 

 

 

Please reload

Postais em destaque

VERSOS ÍNCUBOS

17.11.2019

1/14
Please reload

Postais recentes

08/12/2019

05/12/2019

05/12/2019

Please reload