DIAMANTE - EXCERTOS

Lembro de ti sentada sobre a cama,

as sobrancelinhas se encontrando,

se confrangendo, as pernas em lótus;

mostravas ao espelho, suspenso no ar,

o celular com nova capa -- de oncinha. 

Ora, de oncinha... Tal como os sapatos,

biquínis, blusas que ambos amávamos.

 

Na outra mão, um dedo separava páginas,

lida e por ler, de livro sobre relacionamentos:

querias entender. Já aí esse interesse

pela inteligência das emoções. Ai...

Ai, lâmina gelada a trespassar meu c-

oração. Desde então. Como dói e é boa,

faz sorrir..., faz pigarrar. Essa lembrança.

 

[...]

 

Eu te amo. E vou morrer te amando.

 

 

 

Bárbara Heck (filtro por nossa conta)

 

 

 

Please reload

Postais em destaque

[EM PROCESSO DE REVISÃO] INTELIGÊNCIA EMPÁTICA

20.07.2018

1/13
Please reload

Postais recentes

12/11/2019

11/11/2019

11/11/2019

Please reload