O AZUL DOS TEUS OLHOS (CRIANÇAS AZUIS)

O Azul dos teus olhos

é o meu último recesso,

acesso derradeiro

a este lugar,

esta instância

onde nos sentamos em lótus sobre a grama

fresca a Poesia, a Pureza, um Amigo meu de

infância ou Outro, tu mesma feita do palor

matinal que envolve tudo num halo…, e eu.

 

Estamos em paz.

Estamos seguros.

Suavizados estamos.

Alguém se levanta e sai,

Outro assume o seu lugar.

 

Já é possível poemar,

já faz sentido sorrir,

sonhar,

quiçá até amar, fisicamente.

 

O Azul dos teus olhos.

 

O Azul dos teus olhos

é a porta por que logrei

me evadir. Mar além do

mar azul além do azul.

Silêncio preenchido de luz

(tanta luz) que é como pausa

musical…; e súbito deriva

rima

ritmo, forma sonora sutil,

anverso do gelo, reverso

da morte. Já não existe

morte possível.

 

Borboletas de Asas Vítreas

  Voluptuosas

     Azuis

        Vitoriosas

     Amorosas

  Volantes para Além do Vento Anil… Idéias.

Borboletas

 

Luz--a--zul. Brinquedo. Risos.

Dedos enlaçados.

Firmamento.

 

 

Igor Buys

17 de fevereiro de 2018

 

 

 

 

Please reload

Postais em destaque

VERSOS ÍNCUBOS

17.11.2019

1/14
Please reload

Postais recentes

08/12/2019

Please reload