O HIPÓCRITA

É antitabagista, mas fuma maconha.

Só bebe descafeinado, Coca-Cola e cocaína.

É contra o aborto, mas chuta engraxate.

É contra a violência, mas não no cinema.

Pinga o adoçante, depois chupa um drope.

Quer o equilíbrio ecológico e dá comida aos pombos.

Ama os animais, mas odeia o homem.

Diz não aos casacos de pele e arranca o couro da empregada.

Grita liberdade e é contra a intifada.

Liberta que será também.

Cultura, ainda que enlatada.

Não é homofóbico e tem horror de quem difere.

Furta desodorantes e espanca o filho que mente.

Odeia corrupção, mas se estivesse lá roubaria.

Faz o sinal de cruz-credo quando vê um mendigo.

Abaixo o terror e viva o Tomahawk!

Igualdade pouca: o seu pirão primeiro.

Viva os apoios norte-americanos e abaixo as ditaduras.

 

 

Igor Buys

29 de abril de 2011

in Versos Íncubos, ed. Scortecci

 

 

Homúnculo sensorial; imagem da Rede

 

 

Tags: Marcelo Freixo

Please reload

Postais em destaque

DE QUANDO OS MUNDOS ACABAM

28.03.2020

1/16
Please reload

Postais recentes

07/04/2020

06/04/2020

03/04/2020

Please reload