ONZE DE SETEMBRO E A HISTÓRIA

Em onze de setembro de mil novecentos e setenta e três,

colunas de fumaça escura se erguem do Palácio de La Moneda;

aviões cruzam os ares, rugindo, deitando mísseis, explosões.

Labaredas crepitam rubras pelas janelas do prédio rebentado.

Há corpos caídos ao chão pelas ruas... A cena parece irreal,

em onze de setembro de mil novecentos e setenta e três.

Em onze de setembro de mil novecentos e setenta e três,

em plena cidade de Santiago, canhões disparam, a terra treme.

O palácio de governo é alvejado, depois bombardeado.

Financiados pela CIA e pelo governo dos Estados Unidos,

militares e neofascistas organizados assumem o poder,

em onze de setembro de mil novecentos e setenta e três.

Palácio tomado. O presidente Allende é morto ou se mata.

Augusto Pinochet está no comando do estado repressivo,

em onze de setembro de mil novecentos e setenta e três.

Igor Buys

In Versos Íncubos; ed; Scortecci, 2014

Vídeo da Rede que usei como inspiração para a sonoridade dos versos

Postais em destaque
Postais recentes