PROJETO MINHAS MUSAS – entrevistas com DAIANE STEFFENS, CAROLINA MUNHÓZ E CAMILLE E KENNERLY

Durante alguns anos, enquanto usava o dito Processo das Musas  para construir Versos Íncubos, toquei um projeto literário que levou o título de PROJETO MINHAS MUSAS. Consistiu numa série de entrevistas, via correio eletrônico, com belas mulheres, entre as quais a Musa do Grêmio 2013, Daiane Steffens; a escritora Carolina Munhóz e as gêmeas harpistas norte-americanas Camille e Kennerly.

 

 

Trecho da minha entrevista com a escritora Carolina Munhóz:

 

Do que mais gosta no seu corpo e do que menos gosta?

 

Eu adoro meu pé. Pode ser engraçado isso, mas é a parte do meu corpo que mais gosto. Não sou fã de pés, mas acho o meu bonitinho.  Eu gosto da minha boca, mas odeio meu sorriso e é por isso que sorriu de boca fechada. Como toda mulher, se eu for fazer a lista das coisas que não gosto vamos ficar o dia todo aqui, mas no geral estou feliz e isso que importa.

 

 

Trecho da minha conversa com a Musa do Grêmio Daiane Steffens:

 

Há algum tempo, eu disse a você, através de uma rede social, que é a mais bonita das musas do futebol, embora não tenha sido a musa do Grêmio no brasileirão.

 

Ser a Musa do Grêmio é um sonho, se irei realizar não sei, isso só o tempo dirá, mas meu amor [pelo Grêmio] jamais irá mudar, ele só aumenta a cada dia independente de ser Musa ou não.

 

Com certeza o teu elogio é um destes mais importantes, que fazem a mulher, no caso eu, sentir-se valorizada.

 

 

Trecho da minha entrevista com as "Harp Twins" Camille e Kennerly:

 

You, girls, look exactly alike, work together, play the same instrument, practice the same sports and are at the same level in everything. Do you also have the same girl friends and boy friends, the same tastes; do you share telepathic thoughts; do you get sick together and are as close as we fantasize you should be?

 

We definitely have the same friends! We’re not telepathic, but we are very intuitive and our thought processes are so similar that it sometimes seems that we are telepathic. We are usually very healthy. However, if one of us does get sick, then there is a very good chance that the other will become sick after. We spend so much of our time together!

 

 

Daiane Steffens: foto gentilmente cedida pela modelo

 

 

Please reload

Postais em destaque

MÃE NOSSA

01.06.2020

1/16
Please reload

Postais recentes

01/06/2020

31/05/2020

31/05/2020

29/05/2020

Please reload