Há dias em que é melhor não escrever poesias.
Convém deixar calada a torneira rubra que a branca
é mais fácil de desvirar... E não queima nem turva
a janela, o espelho, as formas vítreas da imaginação.

Há dias em que é melhor não escrever poesias.

A toalha molhada de...

January 19, 2020

Gosto muito das ruas de paralelepípedos.
Como me são caras estas pedras irregulares
Estalando por sob os saltos, na sua troncha tentativa
De serem puros retângulos. Pedras cortadas.
Quartos de uma pedreira. Membros avulsos
Da imobilidade sempiterna. Sempre terna.
 
Vol...

Menino morto no meio da rua
poça escarlate de olhares dis-
torcidos, cores derretidas,
prédios revirados, vozes
veladas, mundo desabando.

Menino morto no meio da rua
as tuas Mãos rasgadas
não te forneceram escudo
hábil contra os tiros à queima-roupa
que rebentaram em...

June 23, 2019

Gosto muito das ruas de paralelepípedos.
Como me são caras estas pedras irregulares
Estalando por sob os saltos, na sua troncha tentativa
De serem puros retângulos. Pedras cortadas.
Quartos de uma pedreira. Membros avulsos
Da imobilidade sempiterna. Sempre terna.
 
Vol...

Refrescada, tu’imagem, de entre nuvens negras,

ressurge, como emersa de um lago profundo e

límpido, onde, banhando-te, tão bem te integras

ao convívio das ostras que se abrem ao fundo...
 

Eu, há pouco, relia uma de tuas regras*.

Aquela em que dizias: “e, por um segundo,

pen...

Menino morto no meio da rua
poça escarlate de olhares dis-
torcidos, cores derretidas,
prédios revirados, vozes
veladas, mundo desabando.

Menino morto no meio da rua
as tuas Mãos rasgadas
não te forneceram escudo
hábil contra os tiros à queima-roupa
que rebentaram em...

Há dias em que é melhor não escrever poesias.
Convém deixar calada a torneira rubra que a branca
é mais fácil de desvirar... E não queima nem turva
a janela, o espelho, as formas vítreas da imaginação.

Há dias em que é melhor não escrever poesias.

A toalha molhada de...

Sobre o atirador de Realengo


A TV azula na sala escura
os pensamentos
de quem já não pensa, só pensa
os hematomas torturados de seus dias.
A TV azula na sala surda, na sala
de aula escurecida e absurda,
onde tudo emperra em câmara lenta;
onde uma noite americana ácida...

Abro esta segunda temporada do projeto literário Minhas Musas, relacionado ao dito processo das musas, de que lancei mão para construir Versos Íncubos, conversando com a linda modelo internacional e ex-Miss São Paulo Sabrina Rhoden. Para mim, pessoalmente, no conjunto,...

Há dias em que é melhor não escrever poesias.
Convém deixar calada a torneira rubra que a branca
é mais fácil de desvirar... E não queima nem turva
a janela, o espelho, as formas vítreas da imaginação.

Há dias em que é melhor não escrever poesias.

A toalha molhada de...

Please reload

Postais em Destaque

GUARDA-ME

09.05.2020

1/16
Please reload

Postais Recentes

05/29/2020

05/27/2020

05/26/2020

Please reload