November 29, 2019

As cordas da chuva

que o meu pensamento escala

conduzem a futuros

pretéritos, a passados insepultos.

É Natal e já ninguém crê em mágica.

É verão e já nem todos sorriem

dourados de sol e alísios.

As cordas.

Raramente escrevi sobre ti.

Não obstante, penso naqueles dias.

Foram reai...

November 24, 2019

E nos teus Olhos essa cor
que nada simplesmente mortal
ou fisiologicamente descritível
teria permissão para refratar,
reverberando do céu o Ocaso
lento: os seus mais íntimos
e misteriosos momentos de paixão,
introspecção e silêncio. Teus Olhos...

E nas tuas Mãos a reden...

November 23, 2019

É antitabagista, mas fuma maconha.

Só bebe descafeinado, Coca-Cola e cocaína.

É contra o aborto, mas chuta engraxate.

É contra a violência, mas não no cinema.

Pinga o adoçante, depois chupa um drope.

Quer o equilíbrio ecológico e dá comida aos pombos.

Ama os animais, mas ode...

Posso beijar a tua boca durante horas.
Beber os teus cabelos da concha das mãos unidas
como para aplacar a sede de algum deserto.
Abraço o teu vestido enquanto reverbero o tique-taque infinito.
E se demoras um pouco mais, vou buscá-la onde estejas.

A estranha sensação...

November 19, 2019

Um mel

Um mel negro

ébrio de dourados

petróleo incendiado

jorrando, manando

escorrendo

por entre estilhas, por entre arestas

farpas e facas

do vento.

O vento.

Amanteigado e meigo

a desfazer-se,

ali se vê tragado,

engolido, resumido

desnudado:

desvendado.

O vento.

E ali a tarde imerge i...

November 15, 2019

Nada me pode impedir de te amar.

Tenho sabido encontrar o teu corpo

nos corpos de outras mulheres,

entre as quais a noite, a aurora de mornos

lábios e a lua de longos, líquidos cabelos.

Nada me pode impedir de te amar.

Nada te pode guardar do meu verso.

Serei um pouco pai do...

November 13, 2019

O nosso amor, algum dia, estará numa peça:
um poema dramático, labiríntico e aberto.

Os holofotes o abraçarão com cores quentes
e frias furtadas aos teus olhos e nuanças;
tons que irão do mel ao mar de glauca esperança.

E um’outra atriz o desencantará de entre
silêncios...

November 9, 2019

Aos teus pés, minha língua e coração
têm o ritmo mesmo da maré incandescente,
indo e vindo sobre a areia platinada, noiva;
meus dentes são como a ostra de louça
que morde, louca, o calcanhar da Lua.

No chão da tua sala, tão sultão
como lacaio, sorvo o leite puro
da tu...

O teu corpo será a minha religião.
Pretendo religar-me ao planeta primordial e caótico.

Ai, a minha chama te afogando, transbordando
pelo canto dessa tua boca e pupilas;
ai, a minha seiva te inundando, intumescendo
a veia esverdeada que salta no teu pescoço.

E depois de...

O sonhador ama o sonho

Esta noite, após dormires
o teu corpo, subitamente,
congelará, pesado,
muito pesado,
e um outro corpo, teu e outro,
verás sobrepairar a tua angústia,
os teus suores frios...

Quem é Ele?
Ele que caminha agora
em torno à tua figura pálida,
de tez arr...

Please reload

Postais em Destaque

VERSOS ÍNCUBOS

17.11.2019

1/14
Please reload

Postais Recentes

12/08/2019

Please reload