Abre pra mim essa tua boca
que tem o gosto dos lábios da noite e da lua;
essa tua boca que busquei entre os âmbares do amanhecer,
essa boca cobiçada como uma coisa...,
esperada como um oásis fresco e redentor.
A tua boca: ai, como arde a expressão dessas palavras!
A tu...

December 20, 2019

De joelhos, Escrava.

De joelhos, sua putinha.

Não me ouviu mandar?! Hem?!...

Adoro o som dos teus joelhos,

batendo sobre o assoalho, apressados.

A corda amarrando os teus braços.

Dos cotovelos até os pulsos

numa trama ornamental.

Os músculos retesados.

A respiração arquejante.

O...

Abre pra mim essa tua boca
que tem o gosto dos lábios da noite e da lua;
essa tua boca que busquei entre os âmbares do amanhecer,
essa boca cobiçada como uma coisa...,
esperada como um oásis fresco e redentor.
A tua boca: ai, como arde a expressão dessas palavras!
A tu...

July 23, 2019

De joelhos, Escrava.

De joelhos, sua putinha.

Não me ouviu mandar?! Hem?!...

Adoro o som dos teus joelhos,

batendo sobre o assoalho, apressados.

A corda amarrando os teus braços.

Dos cotovelos até os pulsos

numa trama ornamental.

Os músculos retesados.

A respiração arquejante.

O...

August 3, 2017

De joelhos, Escrava.

De joelhos, sua putinha.

Não me ouviu mandar?! Hem?!...

Adoro o som dos teus joelhos,

batendo sobre o assoalho, apressados.

A corda amarrando os teus braços.

Dos cotovelos até os pulsos

numa trama ornamental.

Os músculos retesados.

A respiração arquejante.

O...

Abre pra mim essa tua boca
que tem o gosto dos lábios da noite e da lua;
essa tua boca que busquei entre os âmbares do amanhecer,
essa boca cobiçada como uma coisa...,
esperada como um oásis fresco e redentor.
A tua boca: ai, como arde a expressão dessas palavras!
A tu...

December 3, 2016

Aos teus pés, minha língua e coração têm o ritmo mesmo da maré incandescente, indo e vindo sobre a areia platinada, noiva; meus dentes são como a ostra de louça

Abre pra mim essa tua boca
que tem o gosto dos lábios da noite e da lua;
essa tua boca que busquei entre os âmbares do amanhecer,
essa boca cobiçada como uma coisa...,
esperada como um oásis fresco e redentor.
A tua boca: ai, como arde a expressão dessas palavras!
A tu...

Please reload

Postais em Destaque

DE QUANDO OS MUNDOS ACABAM

28.03.2020

1/16
Please reload

Postais Recentes
Please reload