Eu me orgulho, ó Deusa, profundamente,
Dos momentos em que sinto que preciso
E dependo de tua mão e teu consolo,
Pois nestes momentos, mais que nunca,
Eu me percebo feito para amar-Te e reconheço
Dentro de mim a melhor parte do que sou.

Sou feito para amar-Te e carece...

Eu tanto brinquei de dizer que te amava.

Hoje, não brinco, perdeu a graça...

No céu marítimo, vai nadando uma garça.

E essa luz amarela, descendo em cascata,

amanteigando o ar, intumescendo a mata.

Nunca o Lábaro de um povo foi tão

realista: guache tremendo, incendiando tudo...

April 7, 2020

a vaga e o vento

o vale e a crista

o oco e o ocra

o ovo e a ave

o vai-e-vem

o yin-yang

a vaga e o vento

o vai-e-vém

o verde e o ocra

o gris e o âmbar

o preto e o rubro

o preto e a prata

o amar-te e a morte

— maremoto

o cheio e o vazio

o sim e o não

implicação, explicação

afogamento, se...

April 6, 2020

O nosso amor, algum dia, estará numa peça:
um poema dramático, labiríntico e aberto.

Os holofotes o abraçarão com cores quentes
e frias furtadas aos teus olhos e nuanças;
tons que irão do mel ao mar de glauca esperança.

E um’outra atriz o desencantará de entre
silêncios...

April 6, 2020

April 6, 2020

Para mi corazón basta tu pecho,
para tu libertad bastan mis alas.
Desde mi boca llegará hasta el cielo
lo que estaba dormido sobre tu alma.

Es en ti la ilusión de cada día.
Llegas como el rocío a las corolas.
Socavas el horizonte con tu ausencia.
Eternamente en fuga c...

April 4, 2020

                      I

Numa terra onde não há vulcões

visíveis

pessoas talvez os tragam n’alma, intrínsecos.

Alguns talvez os calem — fundamente.

E umas centelhas vagas entre olhares

plúmbeos

mal denunciem a ânsia de explosão...

Please reload

Postais em Destaque

DE QUANDO OS MUNDOS ACABAM

28.03.2020

1/16
Please reload

Postais Recentes

04/09/2020

04/09/2020

04/07/2020

Please reload